Presidente Nelson fala aos 164 novos presidentes de missão

Compartilhe!

Neste domingo, durante o Seminário de Liderança de Missão de 2019, o Presidente Russell M. Nelson deixou uma mensagem de esperança e orientação para 164 novos presidentes de missão e suas companheiras.

“Nós sabemos que vocês foram chamados por profecia e revelação”, disse ele. “Vocês foram pré-ordenados para serem líderes na Igreja do Senhor neste momento. E vocês presidirão os melhores espíritos desta geração.”

Durante a tradicional reunião sacramental do seminário, o Presidente Nelson disse que gostaria de expressar suas “mais sinceras e piedosas esperanças” pelos líderes de missão ali presentes.

Esperança nº 1: Cônjuge e família

O presidente da Igreja lembrou os presidentes de missão e suas companheiras de que sua maior prioridade pessoal durante o serviço deles permanece um ao outro. Cada um tem um compromisso eterno com o cônjuge. “Para cada casal, espero que seu casamento e sua família sejam nutridos e fortalecidos durante sua missão”, disse ele. “Suas famílias – seus filhos e netos – são seus para sempre. Por meios apropriados, mantenha-se o mais próximo possível deles. Mesmo que as distâncias entre vocês sejam grandes, permita que elas sintam o que estão sentindo ao servir ao Senhor em Sua obra.”

Lealdade ao Senhor e amor pela família não são compromissos competitivos. Eles são sinérgicos.

“Uma família eterna é o fim pelo qual todos estamos nos esforçando. Isso não pode acontecer sem a Igreja e suas sagradas ordenanças e convênios. A Igreja é o meio para esse fim.”

Esperança nº 2: Missionários

Os missionários constituem coletivamente “a força vital” da próxima geração. Um dia eles se sentarão nas cadeiras agora ocupadas pelos líderes da Igreja.

“Por favor, os persuadam a se tornarem devotos discípulos do Senhor”, disse ele. “Ensine-os a serem obedientes às leis de Deus e do homem. Se eles fizerem isso, eles estarão protegidos, tanto fisicamente quanto espiritualmente. Ensinem-lhes que, apesar de seus riscos sempre presentes, eles estarão muito mais seguros em suas missões do que seus colegas e colegas que não foram chamados para missões.”

“Eles vão ver e aprender com o seu comportamento, tanto falado quanto não falado. Eles vão ver como vocês se tratam. Eles observarão sua cortesia e gentileza mútuas. Eles vão se esforçar para ser como vocês. Não só isso, seus missionários vão amar vocês e vão lembrar de vocês para sempre.”

“Com o passar dos anos, você acompanhará o progresso de seus missionários quando eles voltarem para casa e se empenharem no cumprimento de seu grande potencial. Esse progresso – essa dimensão multigeracional – é a métrica final pela qual sua obra sagrada será medida.”

O Presidente Nelson disse que o sucesso de um presidente de missão e de sua companheira é medido com clareza por quantos netos de seus missionários são abençoados pelos casamentos no templo.

Esperança nº 3: Líderes e membros locais

Aprendam a amar os líderes e membros locais, disse o Presidente Nelson. “Levante-os e inspire-os”, disse ele. “Seu sucesso será multiplicado exponencialmente à medida que você aproveita o poder dos membros com os quais você serve.”

Os missionários devem aprender que seus dois “melhores amigos” nas unidades para as quais forem designados serão o líder da missão da ala e o consultor do templo e da história da família da ala. O líder da missão da ala pode ajudar os missionários a encontrar oportunidades de ensino mais significativas. Enquanto isso, o consultor do templo da ala e de história da família pode ajudar os missionários a identificar para seus pesquisadores os nomes de seus antepassados. “Muitos desses antepassados ​​anseiam – até mesmo desesperados – pelas ordenanças elevadas do evangelho a serem feitas por sua posteridade viva”, disse ele.

Esperança nº 4: A doutrina de Cristo

O presidente da Igreja enfatizou uma verdade simples ensinada nas escrituras: A melhor maneira de aprender a doutrina de Cristo é ensiná-la. A doutrina de Cristo, ele acrescentou, dita que Sua Igreja seja chamada por seu nome correto: A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias. O Pai Celestial e Seu Filho, Jesus Cristo, fizeram duas promessas “abrangentes e imperativas” que ainda precisam ser cumpridas. Primeiro, a Israel dispersa deve ser reunida nos últimos dias. E, segundo, Jesus Cristo virá à terra novamente.

“É nosso glorioso privilégio e responsabilidade sagrada como missionários ajudar a preparar o mundo para essas duas promessas ainda a serem cumpridas”, disse ele. O Livro de Mórmon é o instrumento pelo qual a reunião prometida de Israel será realizada. Esse tempo sagrado é também a “evidência tangível e irrefutável” de que Joseph Smith é o profeta desta última dispensação.

“Nenhuma conversão verdadeira ocorre sem a influência testemunhadora, confirmadora e consoladora do Espírito Santo”, disse ele. “Ensinem seus missionários a serem dignos dessa influência e a estarem dispostos a receber esses preciosos estímulos, a reconhecê-los e a agir por eles.”

Esperança nº 5: Bênçãos do sacerdócio

“Vocês, presidentes, autorizarão e dirigirão as ordenanças e bênçãos do sacerdócio para as irmãs e irmãos que escolherem vir ao Senhor e segui-Lo”, disse ele. “E, além de sua autoridade benevolente, vocês os abençoarão com seu exemplo amoroso. Élderes e sísteres ensinam com a mesma autoridade do sacerdócio, sob as chaves de seus presidentes de missão.”

O Presidente Nelson concluiu suas observações da reunião sacramental invocando bênçãos de segurança, saúde, orientação e paz aos novos presidentes de missão e suas companheiras – e suas famílias.

Fonte: Church News

Siga-me!

Antonio Carlos Lima

Antonio Carlos Lima é um membro da Igreja há 35 anos. Mora em Aracaju/SE. Serviu na Missão Brasil Brasília, de 1991 a 1993. É casado, pai e avô.
Siga-me!

Compartilhe!