O fechamento do Templo de Salt Lake e as mudanças imediatas no Centro de Conferências

Compartilhe!

No sábado, 28 de dezembro, a fila do lado de fora do Templo de Salt Lake começou a se formar às 4 horas da manhã, por membros de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias que desejavam participar das últimas ordenanças a serem realizadas no templo antes de seu fechamento para uma grande reforma que tem duração prevista de quatro anos.

Ao final do dia, após o encerramento da última sessão, o Departamento de Templos da Igreja iniciou os preparativos para a remoção dos itens mais sagrados do templo. Na manhã da segunda-feira, 30 de dezembro, o templo foi oficialmente desativado. Ainda na segunda-feira os trabalhadores removeram emblemas sagrados e Jack Wixom, Presidente do Templo, foi desobrigado. Estima-se que as obras serão iniciadas em meados de janeiro.

Também na segunda-feira, o Centro de Conferências da Igreja em Salt Lake City, que fica em frente à Praça do Templo, recebeu a aplicação de faixas com as frases “Entre, fique um pouco” e “A Experiência da Praça do Templo”.

“Sentimos a mais profunda gratidão ao Senhor e à oportunidade que nos foi dada”, disse o Presidente Jack Wixom. “Estamos muito animados com o que precisa acontecer. O prédio está muito cansado. Vimos os planos e estamos empolgados porque ele será fortalecido, renovado e renovado”, completou.

“Somos gratos por um profeta e sua visão para o Templo de Salt Lake e pela energia que ele deu a essa renovação”, disse a irmã Rosemary M. Wixom, esposa do Presidente Wixom. “Para nossos filhos, netos e as gerações vindouras, este templo continuará sendo um ícone de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias.”

A partir do dia 1º de janeiro, o Centro de Conferências terá várias exposições como parte da reforma do templo. As primeiras exposições serão:

Filme “Por que os templos são importantes”: No Conference Center Theatre, um curta-metragem de 17 minutos apresentará o significado histórico dos templos e fornecerá informações básicas sobre as reformas do Templo de Salt Lake e da Praça do Templo.

Modelo do Templo: No Salão dos Profetas está instalado o modelo em corte mostrando o interior do Templo de Salt Lake, com telas sensíveis ao toque com mais informações sobre o templo. Os bustos dos profetas da Igreja foram movidos alguns metros para uma janela oeste no mesmo andar do Centro de Conferências.

Estátua de Jesus Cristo: Uma nova versão da estátua do Christus já está em exibição no Centro de Conferências. Bancos estão disponíveis para os visitantes sentarem e observarem a estátua, oferecendo uma oportunidade única para meditação.

Experiência do Auditório: O auditório do Centro de Conferências não possui colunas visíveis e é o maior do gênero no mundo. Tem capacidade para 21 mil pessoas e possui um órgão com 7.708 tubos. Os visitantes poderão ver, ouvir e sentir como é participar de uma sessão da Conferência Geral ou da apresentação do Coro do Tabernáculo da Praça do Templo.

Fonte: Deseret News

Siga-me!
Últimos posts por Antonio Carlos Lima (exibir todos)

Compartilhe!