Líderes da Igreja visitam mesquita da Nova Zelândia

Compartilhe!

A Sister Sharon Eubank, Presidente das Instituições de Caridade Santos Últimos Dias e Primeira Conselheira na Presidência Geral da Sociedade de Socorro, e a Sister Becky Craven, Segunda Conselheira na Presidência Geral das Moças, foram convidadas à Mesquita Al Noor, uma das duas mesquitas envolvidas nos ataques de terrorismo em Christchurch, Nova Zelândia.

Elas se encontraram com Hafsa Ahmed, fundadora do Lady Khadija Charitable Trust, uma organização que atende comunidades muçulmanas em Christchurch. “Sou muito grata por A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, por nos ajudar em qualquer apoio que eles tenham prestado à comunidade, à comunidade muçulmana e às famílias que foram impactadas por essa tragédia”, disse Ahmed.

“Quero agradecer não apenas por mim, mas por todas as pessoas que leram sobre a perda dolorosa e queriam fazer algo para ajudar”, expressou a Sister Eubank, líder dos esforços humanitários globais da Igreja. A Sister Eubank disse que era um privilégio os membros da Igreja de Jesus Cristo trabalharem ao lado da comunidade muçulmana na coleta e embalagem de alimentos e outros itens para entrega às famílias afetadas pelos ataques.

Ahmed disse que os líderes inter-religiosos querem que seus jovens se conheçam. “Será importante para todas as comunidades religiosas se unirem porque a bondade é o princípio subjacente em todas as nossas crenças.”

A Sister Eubank e a Sister Craven foram levadas ao interior da mesquita para ver os esforços de reconstrução. “Foi bom ver a mesquita (…) mais uma vez dedicada como um local de culto”, disse Sister Eubank.

“Foi realmente uma experiência incrível (…) ao entrarmos na mesquita e sermos recebidos tão calorosamente pelas pessoas que consideramos nossas irmãs, derramamos algumas lágrimas e compartilhamos algumas experiências juntos”, acrescentou a Sister Craven. “Independentemente de nossas diferenças, temos muito em comum.”

Em maio, o Presidente Russell M. Nelson se reuniu com líderes muçulmanos em Auckland, Nova Zelândia, durante seu ministério no Pacífico. O profeta doou 100 mil dólares em nome da Igreja para o esforço de reconstrução de duas mesquitas em Christchurch após os ataques terroristas de março.

Fonte: Church Newsroom

Siga-me!

Antonio Carlos Lima

Antonio Carlos Lima é um membro da Igreja há 35 anos. Mora em Aracaju/SE. Serviu na Missão Brasil Brasília, de 1991 a 1993. É casado, pai e avô.
Siga-me!

Compartilhe!