COVID-19: Missionários serão enviados para seus países de origem

Compartilhe!

A Primeira Presidência e o Quórum dos Doze Apóstolos de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias comunicaram novas atualizações sobre o trabalho missionário.

“Queridos irmãos e irmãs

Levamos muito a sério a saúde e a segurança de nossos missionários e daqueles a quem eles ensinam. Os alertas e restrições de viagem em rápido desenvolvimento que estão surgindo em todo o mundo apresentam desafios logísticos e outros desafios significativos. Portanto, os seguintes ajustes temporários estão sendo feitos:

– Nas próximas semanas, devido às condições mundiais, provavelmente um número substancial de missionários precisará ser transferidos para seus países de origem para continuarem seu serviço. Isso será feito de maneira sistemática, com base na urgência das restrições de viagem, no nível de preocupação com o COVID-19 e em outras considerações.
– Os missionários que retornam passam por um período de 14 dias de auto-isolamento e podem ser designados para servir em seu país de origem, de acordo com as condições locais.
– O prazo de serviço para os missionários que retornam ou servem nos Estados Unidos provavelmente será reduzido, para acomodar o grande número de missionários que retornam de todo o mundo.
– Os centros de treinamento missionário (CTM) em todo o mundo não receberão novos missionários. O treinamento do CTM para os missionários será realizado por meio da tecnologia, e os missionários serão enviados à missão designada o mais rápido possível.

À medida que avaliamos as condições variáveis, outros ajustes necessários serão feitos.

Amamos e oramos por nossos missionários e suas famílias. Somos gratos pelas orações contínuas e pelo apoio dos pais, entes queridos e membros da Igreja, à medida que fazemos todos os esforços para ajudá-los a permanecer seguros e bem nesses tempos difíceis.

Atenciosamente,

A Primeira Presidência e Quórum dos Doze Apóstolos”

Fonte: Church Newsroom


Compartilhe!
Rolar para o topo