COVID-19: A Igreja cede capela para ser usada como hospital de campanha no Chile

Compartilhe!

Como parte das medidas preventivas contra o avanço do coronavírus no Chile, a diretora do Hospital Claudio Vicuña, em San Antonio, Chile, solicitou a possibilidade de usar um edifício de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias para instalar um hospital de campanha, onde eles possam atender pacientes, caso necessário.

A Igreja atendeu a solcitação e cedeu uma capela para que seja utilizada como hospital. Na cerimônia em que o empréstimo do edifício foi oficializado, o Presidente Pedro Félix, Primeiro Conselheiro da Estaca San Antonio, representou a Igreja. “Temos que agradecê-los porque é um enorme apoio à comunidade e, é claro, ao hospital”, disse a Dra. Liliana Echeverría Cortez, diretora do Hospital.

Devido às características arquitetônicas e de manutenção desses edifícios, é possível que nele sejam instalados 48 leitos hospitalares para pacientes que apresentem sintomas respiratórios leves e que necessitem de hospitalização, pois não têm a possibilidade de colocar suas casas em quarentena. Este edifício já havia sido fornecido pela Igreja para ser usado como hospital durante um terremoto em 1985.

A Governadora Provincial de San Antonio, Gabriela Alcalde Cavada, destacou a disposição que a Igreja sempre teve de ajudar na comunidade e, nesta ocasião específica, dar “uma contribuição realmente gigantesca, de um coração incomparável”. Ela também apontou que este “é o primeiro hospital de campanha do país, o que não seria possível se não tivéssemos a vontade, o carinho e a dedicação com que a Igreja sempre esteve pronta para apoiar a comunidade”.

O Presidente da Estaca San Antonio, Presidente Marco Hernandez, agiu rapidamente para ajudar o hospital, em obediência ao chamamento do Presidente Russell. M. Nelson, para que os Santos dos Últimos Dias cuidem dos necessitados durante a pandemia mundial que está sendo vivenciada.

Atualmente, as reuniões nos edifícios da Igreja estão temporariamente suspensas, e os membros estão se reunindo em suas próprias casas. Quando esta restrição for retirada, a congregação que frequenta a capela emprestada se reunirá em outro edifício próximo.

Fonte: Sala de Imprensa Chile

Siga-me!
Últimos posts por Antonio Carlos Lima (exibir todos)

Compartilhe!