A Igreja de Jesus Cristo participa de grupo inter-religioso

Compartilhe!

Em uma manhã de domingo em Columbia, Maryland, a missa está prestes a começar em uma das maiores congregações católicas da região. Na primeira fila da capela, está um quacre, um adventista do sétimo dia, um Santo dos Últimos Sias, um metodista e dois membros da fé judaica. Este é só mais um dos encontros que ocorrem todos os meses com um grupo inter-religioso composto de líderes de diversas religiões. Eles se reúnem e assistem a reuniões, cultos e missas, com o objetivo de construir pontes de entendimento.

O grupo teve início em uma iniciativa local chamada “Conversas Corajosas sobre Raça e Influência Religiosa“. Este programa foi iniciado em 2017 por seis líderes religiosos locais e os participantes discutem raça, religião e preconceito, e se concentram em um diálogo honesto e em ouvir as experiências dos outros. O grupo não tenta debater ou convencer os participantes sobre uma religião em particular, mas permitem que cada participante seja ouvido e aprenda com os outros.

“Havia um desejo de conhecer mais sobre as tradições e práticas religiosas um do outro”, disse Cochran, coordenador do grupo inter-religioso. “Uma visita a uma comunidade de fé diferente da sua pode ajudar a quebrar algumas das barreiras que nos impedem de ouvir e entender as experiências de nossos vizinhos. Mas pode ser intimidador entrar na igreja como visitante sozinho, e é assim que a visita em grupo ajuda.”

Cochran e Cari Larkins, um Santo dos Últimos Sias, coordenam as visitas. “Nós coordenamos previamente com o líder religioso da comunidade que planejamos visitar, para escolher um serviço que seria melhor para o grupo”, disse Larkins. “Perguntamos sobre o que esperar do serviço e fornecemos aos participantes uma breve descrição do formato do serviço. A recepção das comunidades religiosas foi incrível, e os participantes ficaram maravilhosamente surpresos com o quão acolhedoras e informativas as visitas foram.”

Cochran observou: “Uma das coisas que foi tão inspiradora nas visitas foi descobrir que, embora tenhamos crenças e tradições diferentes, compartilhamos de muitas coisas em comum. Apreciei a bondade dos outros e aprendi mais sobre as semelhanças e as diferenças.”

Fonte: Church Newsroom

Siga-me!
Últimos posts por Antonio Carlos Lima (exibir todos)

Compartilhe!