100 mudanças em 100 anos

Compartilhe!

A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias promove, sempre que necessário, mudanças de políticas e práticas, com o objetivo de abençoar seus membros e acelerar a obra do Senhor. Seguem 100 mudanças que a Igreja fez nos últimos 100 anos. Certamente esta não é uma lista completa, nem é uma classificação de importância dos ajustes feitos nesse período.

Mudanças nos templos

1 – No final de 1919, havia cinco templos em funcionamento. Atualmente, há 166 templos operando em todo o mundo.

2 – A investidura mudou ao longo do tempo. Mudanças significativas ocorreram entre 1919 e 1927, em 1936, nas décadas de 1960, 1970 e 1990 e em 2019.

3 – A sessão de investidura foi apresentada em outro idioma que não o inglês pela primeira vez no Arizona. O idioma usado foi o espanhol. (1945)

4 – Membros divorciados e homens solteiros acima de 30 anos tiveram a oportunidade de servir como oficiantes de ordenança do templo. (2017)

5 – Foram disponibilizados garments que iam até o cotovelo e os joelhos, em vez de irem até os punhos e os tornozelos. (1923)

6 – Garments de corpo inteiro não foram mais necessários para a adoração no templo. (1975)

7 – Foram disponibilizados garments de duas peças durante a década de 1970. Ajustes posteriores foram feitos nos estilos de garments do templo, os mais recentes em 2019.

8 – Os sistemas automatizados de registros dos templos foram introduzidos pela primeira vez no Templo de Salt Lake. Antes dessa tecnologia, os trabalhadores do templo tinham que datilografar, revisar, verificar, arquivar e relatar cada nome, enviando-os e armazenando-os também. (1981)

9 – Os sacerdotes são autorizados a batizar e testemunhar batismos no templo. (2017)

10 – Todos os membros com investidura, incluindo as mulheres, foram autorizados a servir como testemunha das ordenanças de selamento de vivos e falecidos. (2019)

11 – O batismo vicário pode ser testemunhado por qualquer pessoa que possua uma recomendação do templo atualizada, incluindo uma recomendação limitada. (2019)

12 – Deixou de ser exigido o tempo mínimo de um ano para que um casal seja selado em um templo após o casamento civil. (2019)

13 – Dedicado o Templo de Cardston Alberta, primeiro templo fora dos Estados Unidos. (1923)

14 – Dedicado o Templo de Berna Suíça, primeiro templo da Europa. (1955)

15 – Dedicado o Templo Hamilton Nova Zelândia, primeiro templo na área do Pacífico e no Hemisfério Sul. (1955)

16 – Dedicado o Templo de São Paulo Brasil, primeiro templo na América do Sul. (1975)

17 – Dedicado o Templo de Tóquio Japão, primeiro templo na Ásia. (1975)

18 – Dedicado o Templo de Joanesburgo África do Sul, primeiro templo na África. (1981)

19 – O Presidente Gordon B. Hinckley anunciou a construção de templos menores para ajudar a espalhar templos pelo mundo. (1997)

Mudanças missionárias

20 – A duração da missão para os élderes mudou de 24 para 18 meses. (1982)

21 – A Primeira Presidência anunciou que os élderes serviriam por 24 meses novamente. (1985)

22 – A idade missionária mudou tanto para os élderes (18 anos) quanto para as sisteres (19 anos). (2013)

23 – Criação da função de Sisteres Líderes Treinadoras. (2013)

24 – As primeiras lições missionárias com roteiro foram introduzidas e foram chamadas de “Um Programa Sistemático para Ensinar o Evangelho”. (1953)

25 – As lições missionárias foram revisadas para “Um Sistema Uniforme para Ensinar Pesquisadores” em 1961. Elas foram revisadas novamente em 1973 e 1986.

26 – Novas lições missionárias e Pregar Meu Evangelho foram lançadas, com novas atualizações disponíveis online. (2004, 2019)

27 – A Casa da Missão de Salt Lake foi aberta em 1925 e fechada em 1978.

28 – O Centro de Treinamento Missionário de Provo foi construído e substituiu a Casa da Missão de Salt Lake, em 1978.

29 – Os chamados missionários começaram a ser entregues eletronicamente. (2018)

30 – Os missionários foram autorizados a conversar com os membros da família todos os dias de preparação por telefone ou por videoconferência, em vez de apenas duas vezes por ano. (2019)

31 – Foi anunciado que os élderes não precisam usar terno o tempo todo. (2013)

32 – Alguns chapéus e óculos de sol foram permitidos para os missionários. (2016)

33 – As sisteres foram autorizadas a usarem calças compridas. (2018)

Mudanças nas reuniões dominicais

34 – Foi anunciado um horário para as reuniões dominicais com duas horas de Escola Dominical, que incluía estudos das escrituras e cantos de hinos, com a reunião sacramental no final do dia. (1980)

35 – Foram criadas alas para adultos solteiros que não eram estudantes. (1982)

36 – As presidências dos quóruns de élderes foram criadas em todas as alas, independentemente do número de élderes. (1974)

37 – Os presidentes de estaca receberam autorização para ordenar e chamar Setentas de Estaca, após a aprovação do Primeiro Quórum dos Setenta. (1974)

38 – Foi adotado o bloco de três horas de reuniões dominicais. (1980)

39 – As reuniões da Primária e da Sociedade de Socorro passaram a ser realizadas aos domingos, e não durante a semana. (1980)

40 – Foram extinguidos os círculos de oração de ala e de estaca. (1978)

41 – Os sumos sacerdotes começaram a se reunir em quóruns com os élderes aos domingos, em vez de grupos separados. (2018)

42 – Foi adotado o bloco de duas horas de reuniões dominicais. (2018)

43 – A Igreja começou a incorporar copos individuais de sacramento para os membros beberem, em vez de um copo comum. (1919)

Mudanças nos nomes

44 – O nome Escola Dominical tornou-se oficial. Antes disso, era chamada de União das Escolas Dominicais de Deseret. (1971)

45 – A Associação de Melhoramentos Mútuos dos Rapazes e a Associação de Melhoramentos Mútuos das Moças passaram de duas organizações para uma, denominada Sacerdócio Aarônico MIA Moças (MIA é uma sigla em inglês para Associação de Melhoramentos Mútuos). (1972)

​​46 – O Sacerdócio Aarônico MIA Moças foi dividido novamente em duas organizações, chamadas de Rapazes e Moças. (1974)

47 – As reuniões de aprimoramento pessoal, familiar e doméstico foram renomeadas como reuniões da Sociedade de Socorro. (2009)

48 – O complexo de Treinamento de Idiomas para Missionários em Provo, Utah, foi renomeado como Centro de Treinamento Missionário. (1978)

49 – Foi lançada A Liahona, revista internacional da Igreja. (1995)

50 – Os nomes das classes da Primária foram atualizados, com Raios de Sol, CTR e Valorosos.

51 – O Ricks College foi renomeado como BYU-Idaho. (2001)

52 – O Coro do Tabernáculo Mórmon mudou seu nome para Coro do Tabernáculo na Praça do Templo. (2018)

53 – A Igreja instituiu o novo programa de ensino familiar, que substituiu o ensino da ala. (1964)

54 – Os ministradores passam a substituir os mestres familiares e as professoras visitantes. (2018)

55 – Foi anunciado que membros e não membros deveriam abandonar os apelidos como “mórmon”, “SUD” e “LDS” e enfatizar o nome completo da Igreja, A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias. (2018)

56 – O site LDS.org mudou para ChurchOfJesusChrist.org. (2019)

57 – O Canal Mórmon mudou seu nome para Canal dos Santos dos Últimos Dias. (2019)

58 – O site Mormon.org mudou para ComeUntoChrist.org e o LDS Charities mudou seu nome para Caridade dos Santos dos Últimos Dias. (2019)

59 – Diversos aplicativos da Igreja tiveram seus nomes ajustados. (2019)

Mudanças de tecnologia e construção

60 – Foi criado o site LDS.org. (1996)

61 – A Conferência Geral foi transmitida por rádio pela primeira vez. (1924)

62 – A Conferência Geral foi transmitida na TV pela primeira vez. (1949)

63 – A Conferência Geral foi transmitida na internet pela primeira vez. (1999)

64 – A Sessão do Sacerdócio da Conferência Geral foi televisionada e ficou disponível online. 65 – (2013)

65 – O cofre da Granite Mountain Records foi concluído. (1963)

66 – O edifício dos escritórios da Igreja foi concluído. (1972)

67 – A Conferência Geral começou a ser realizada no Centro de Conferências. (2000)

68 – A Biblioteca de História da Igreja foi concluída. (2009)

69 – O Coro do Tabernáculo Mórmon iniciou uma transmissão de rádio em rede semanal, Music and the Spoken Word, que se tornou a transmissão de rádio em rede mais longa da história. (1929)

Atualizações da literatura

70 – Ajustes gramaticais foram feitos no Livro de Mórmon, os títulos dos livros de Néfi foram padronizados para remover a ambiguidade, e o texto foi colocado em um formato de coluna dupla para combinar com a apresentação da Bíblia. Também foram criados resumos para cada capítulo, um guia de nomes no Livro de Mórmon e um sumário, e as notas de rodapé e o índice foram revisados. (1921)

71 – “A Família: Proclamação ao Mundo” foi lida pela primeira vez na Reunião Geral da Sociedade de Socorro. (1995)

72 – A Primeira Presidência e o Quórum dos Doze publicaram o documento “O Cristo Vivo”. (2000)

73 – O Young Woman’s Journal, uma revista para moças, e o The Juvenile Instructor, um periódico voltado para crianças e jovens Santos dos Últimos Dias, foram descontinuados. (1929)

74 – Após 130 anos de impressão, o periódico britânico de propriedade da Igreja, The Millennial Star, foi descontinuado, juntamente com o The Instructor, um periódico escrito para ajudar a Escola Dominical, e a revista The Relief Society Magazine, publicada há 55 anos. (1970)

75 – O Amigo tornou-se a revista infantil padrão da Igreja, a New Era tornou-se a revista juvenil padrão da Igreja, e a Liahona tornou-se o periódico padrão da Igreja. (1971)

76 A revista internacional da Igreja foi apresentada, com a versão em inglês sendo nomeada Tambuli. (1977)

77 – A Igreja publicou sua própria versão da Versão King James da Bíblia. (1979)

78 – Duas seções foram adicionadas a Doutrina e Convênios (seções 137 e 138). (1981)

79 – Foram criados um dicionário da Bíblia, um guia de tópicos e um índice que integra o Livro de Mórmon, Doutrina e Convênios e Pérola de Grande Valor. Mapas, juntamente com passagens selecionadas da tradução da Bíblia por Joseph Smith, também foram disponibilizados. (1981)

80 – O subtítulo “Outro Testamento de Jesus Cristo” foi adicionado ao Livro de Mórmon. (1982)

81 – A primeira edição de Para o Vigor da Juventude foi lançada em 1965. Nove edições de Para o Vigor da Juventude já foram publicadas, com a mais recente em 2011.

82 – O hinário atual foi lançado. (1985)

83 – A criação de um novo hinário foi anunciada. (2018)

84 – A Igreja anunciou um novo currículo, “Vem, e Segue-Me”, que adota uma abordagem centrada no lar e apoiada pela Igreja para viver, aprender e ensinar o evangelho. (2018)

Alterações adicionais

85 – As bênçãos do sacerdócio e do templo foram estendidas aos todos os membros dignos da Igreja. (1978)

86 – Conforme impresso na edição de novembro de 1978 da revista A Liahona, o Presidente Spencer W. Kimball anunciou em uma conferência no início de setembro que: “A Primeira Presidência e o Conselho dos Doze determinaram que não há proibição das escrituras contra irmãs que fazem orações nas reuniões sacramentais. Decidiu-se, portanto, que é permitido que as irmãs ofereçam orações em qualquer reunião em que participem, incluindo reuniões sacramentais, reuniões da Escola Dominical e conferências da estaca.” (1978)

87 – As sessões do Sacerdócio e das mulheres da Conferência Geral tornaram-se eventos anuais em vez de semestrais. (2017)

88 – A posição de Patriarca Presidente foi descontinuada. (1979)

89 – As Autoridades da Área foram ordenadas como Setentas e um terceiro, quarto e quinto Quórum dos Setenta foi anunciado. (1997)

90 – Um sexto Quórum dos Setenta foi organizado. (2004)

91 – Foi anunciado que as crianças de 11 anos podem ir ao templo e que os jovens passam a fazer parte do Sacerdócio Aarônico e das Moças no início do ano em que completam 12, 14 e 16 anos, em vez de esperar até o seu aniversário. (2018)

92 – Todas as mulheres Santos dos Últimos Dias tornaram-se automaticamente da Sociedade de Socorro e as quotas foram eliminadas. (1971)

93 – O programa do Seminário pela manhã começou no sul da Califórnia. (1950)

94 – As noites de segunda-feira foram designadas como noites familiares. (1970)

95 – O atual logo da Igreja foi divulgado, dando maior ênfase ao nome de Jesus Cristo. (1995)

96 – A Primeira Presidência anunciou que qualquer membro batizado da Igreja, incluindo mulheres e crianças, podem servir como testemunha de um batismo fora do templo. (2019)

97 – A tríplice missão da Igreja foi descrita: proclamar o evangelho, aperfeiçoar os santos e redimir os mortos. (1981)

98 – O FamilySearch.org é lançado pela primeira vez. (1999)

99 – A Igreja anunciou o fim do programa de escotismo e a descontinuação do Progresso Pessoal e do Dever Para com Deus a partir de 2020.

100 – A Igreja anunciou a criação do novo Programa Crianças e Jovens, que começará em 2020.

Fonte: LDS Living

Siga-me!

Antonio Carlos Lima

Antonio Carlos Lima é um membro da Igreja há 35 anos. Mora em Aracaju/SE. Serviu na Missão Brasil Brasília, de 1991 a 1993. É casado, pai e avô.
Siga-me!

Compartilhe!